Práticas que podem acelerar o trabalho de parto

No final da gestação, pai e mãe não vêem a hora de segurar seu filho dos braços. Mas o útero é um lugar tão confortável, que parece que há bebês que se acomodam e demoram a querer sair. O tempo de gestação está terminado e não tem mais porque manter a criança no quentinho da sua barriga. Até porque carregar um filho no ventre não é pera doce, e de dia para dia fica mais difícil lidar com o calor e com o cansaço. Então quando chega a hora de dormir… Nossa! É a maior tortura!

Se não consegue viver mais nesse desconforto, saiba que há solução para essa ansiedade de quem aguarda tão precioso momento e está morrendo de curiosidade para conhecer seu filho. Com esses métodos naturais, o parto é estimulado naturalmente, sem que todas as semanas de gestação completadas sejam postas em risco. Aprenda a “comunicar” ao seu bebê que está na hora de conhecer sua família.

5 práticas que podem acelerar o trabalho de parto

1. Ame e seja amada

Se o seu médico não tiver colocado entraves, continue mantendo relações íntimas com o seu parceiro. O esperma é composto por uma substância de seu nome prostaglandina, que deixa o colo do útero mais amolecido. Quando a mulher atinge o clímax é libertada oxitocina, que ajuda a acelerar o trabalho de parto de forma natural.

2. Caminhadas

As caminhadas têm duas vantagens: ajudam a que o bebê assuma posição para nascer e impulsiona o próprio nascimento. Exercícios adequados de agachamentos, subir e descer escadarias também são opções a ter conta. Todos esses exercícios vão deixar o corpo preparado e mais relaxado para que o parto decorra sem grandes dificuldades.

3. Comida picante

O seu bebê teima em não sair? Dê uma chance para a comida picante, que atua como um estimulante no útero e intestinos. Mas seja comedida. Afinal, não vai querer ganhar em troca uma indisposição ou problemas mais chatos como hemorróidas!

4. Vai uma xícara de chá?

O chá de jasmim ajuda a acelerar o parto, do mesmo jeito que diminui as dores provocadas pelas contrações. Pode tomar entre duas a três xícaras diárias.

5. Estimulação dos mamilos

Ao estimular os mamilos, a mulher ajuda a libertar oxitocina, uma substância que vai dar uma mãozinha na hora de apressar o trabalho de parto. É por essa razão que os médicos recomendam que essa área não seja estimulada durante a gravidez, com o risco de poder antecipar as contrações.

Tome cuidado, futura mamãe! Não parta para esses métodos sem antes falar e receber a aprovação do seu médico obstetra.

Gostaria de saber mais sobre esse assunto? Dê uma olhada nesse vídeo:

Gostou desta dica ? Veja essa e muitas outras em nossas redes sociais. Acesse nosso Facebook e Twitter pelos ícones abaixo e fique por dentro de todas as atualizações de nosso site !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *